NOTICIAS DO CAMPO

NOTICIAS DO CAMPO

Pr. Fernando Nery Soares – Formosa - Argentina
Ore, ore, ore...e quando se cansar, ore mais, por favor!
No mês passado foi aprovado pelo senado o casamento entre pessoas do mesmo sexo, uma onda de casamentos esta acontecendo aqui na Argentina inclusive com pessoas de outros países (até do Brasil) vindo se casarem aqui, Por mais que essa noticia por si só já cause preocupação, ainda não é o pior, depois da aprovação dessa lei, agora uma onda de ataques à igreja católica querendo forçar a igreja a aceitar o casamento na igreja, a mídia não para de dizer que os cristãos são preconceituosos, que vivem na idade média e ainda vivem no tempo da santa inquisição, a presidente ataca aos cristãos constantemente por não aceitarem o casamento, pois segundo ela “o verdadeiro cristão ama a todos como são”; Para piorar cerca de 20% dos sacerdotes católicos são a favor do casamento homossexual; Você pode estar se perguntando e eu com isso? E o quê é que a igreja tem haver com isso? Irmãos com a pressão aumentando sobre a igreja católica também aumenta sobre nós; Estamos temendo que mais cedo ou mais tarde a igreja católica terminará por aceitar esse casamento, o que colocará os evangélicos em uma posição muito delicada; Oficialmente a Argentina tem menos de 2% de crentes no Senhor Jesus, já existe em Buenos Aires uma igreja de homossexuais, muitas igrejas evangélicas já não pregam o casamento e algumas já saíram a dizer que não teriam problema em casar homossexuais em seus templos; sem querer ser alarmista, mas sim com uma preocupação latente, estamos vislumbrando um cenário cada vez mais real de uma futura, mas não longínqua “PERSEGUIÇÃO” à igreja do Senhor Jesus.
Na segunda-feira dia 02/08 um representante da (ACIERA) uma associação de igrejas esteve em nossa cidade falando a respeito dessa lei, dizia ele: “a lei do casamento homossexual não obriga nenhuma religião a casar-los, mas sim o que podem fazer (e já começaram) escrachos públicos e protestos enfrente àquelas igrejas que não os casarem, seguia ele, já não há forma de reverter à lei, pois já foi sancionada pela presidente; A partir de agora a igreja terá que se santificar mais e mais, pois a luta vem”.
Meus irmãos, estamos diante de um cenário no mínimo preocupante;
  • Ore, para que as igrejas sejam protegidas desses ataques;
  • Ore, para que as igrejas a favor desse casamento mudem de parecer;
  • Ore, para que as igrejas não venham se sucumbir diante destas pressões;
  • Ore, pelos pastores para que possam manter uma doutrina bíblica,
  • Ore, para que eles não temam essas pressões,
  • E finalmente, Ore, para que possamos manter a integridade do evangelho.